Portal da Transparência Acesso à Informação Assista Sessão ao Vivo Estrutura Organizacional Atas das Sessões Pauta próxima Sessão Fornecedores Regimento Interno Plano Diretor Ouvidoria

CÂMARA MUNICIPAL APROVA PROJETOS EM SESSÃO EXTRA

Os vereadores farturenses participaram na noite de segunda-feira (1º de outubro) de uma sessão extraordinária, onde aprovaram por unanimidade dois projetos de lei, sobre abertura de crédito adicional suplementar, enviados pelo Executivo.
O PL 41/18 autoriza uma suplementação de verba no valor de R$ 290 mil que, segundo a justificativa, será aplicado em despesas com manutenção do transporte escolar, como material de consumo e outros serviços de terceiros de pessoa jurídica. Vale ressaltar que R$ 75 mil são oriundos de recursos próprios e R$ 215 mil de recursos de convênios que não serão utilizados.
Já o PL 42/18 é uma abertura de crédito no valor de R$ 150 mil proveniente de uma emenda parlamentar que foi destinada para aquisição de equipamentos ao setor de saúde. 
“Tratando-se de recurso que não estava previsto no orçamento vigente houve a necessidade de encaminhar esta solicitação para criação de uma nova ficha de despesa para aplicação do recurso”, consta na justificativa. 
Segundo o vereador Bruno Guazzelli, uma parte do valor será investido na compra de um veículo. O edil reclamou das justificativas apresentadas pela Prefeitura de Fartura, pois falta informações.
Os vereadores Fernando Pitukinha e Anderson Lima corroboraram com Bruno e Pitukinha sugeriu enviar um requerimento ao Executivo para que explique melhor qual o deputado que destinou a emenda parlamentar e, de forma esmiuçada, como os valores suplementados serão investidos. Porém afirmaram que votariam a favor dos projetos.
Já os edis João Buranello, Isnar do Caminhão e Decinho Martins comentaram sobre os projetos, onde disseram que sempre votarão favorável as suplementações em prol da população. 
Vale destacar a presença de alunos do Curso Técnico em Serviços Jurídicos da sala descentralizada da Etec em Fartura, instalada na Escola João Batista de Oliveira. Os estudantes foram levados pelo professor Hugo Sales e pela coordenadora Samira Dealis, onde antes da sessão assistiram uma palestra do assessor jurídico da Casa de Leis, Dr. Fernando Torresi.